Basta elogiar!

A neurocientista Suzana Herculano-Houzel escreve uma rápida crítica à astrologia. Ela ressalta que estamos sujeitos a aceitar, sem desconfiar, um elogio genérico ou uma crítica positiva.
Ela diz:

Caímos feito patos em definições da nossa essência, sejam elas feitas por astrólogos, tarólogos ou cartomantes. Basta que elas contenham elogios genéricos o suficiente (“Você é uma pessoa bondosa”) e críticas positivas à nossa personalidade (“Você tem dificuldade em dizer não aos amigos”) para que até o mais cético dos humanos se identifique.

Texto completo disponível apenas no Jornal Folha de SP.

Isso é muito semelhante ao que já foi dito por Sigmund Freud “Podemos nos defender de um ataque, mas somos indefesos a um elogio.”

6 comentários

  1. Antonio Silva fev 22, 2009
  2. Vitor Enio fev 25, 2009
  3. Psi. Rute Raquel jun 27, 2010
  4. Athan3 out 31, 2010

Deixe uma resposta para Athan3 Cancelar resposta